Cinema e Literatura

Sobre o Capitão América e Guerra Civil


Primeiramente, gostaria de dizer que li quase todo o arco de Guerra Civil, na época do lançamento da trama (Inclusive a foto abaixo, é do adesivo original que vinha em um dos gibis e até hoje está colado dentro do meu guarda-roupa). Os gibis principais, pelo menos, acredito que tenha lido todos. Na época aquilo era algo extremamente incrível, uma história muito bem elaborada, envolvendo quase todos os gibis da Marvel em um ponto principal e empolgante. Até hoje, ainda acho esta história sensacional e é uma das minhas favoritas.

Adesivo original da época, no meu guarda-roupa.

Adesivo original da época, no meu guarda-roupa.

 

(Atenção, podem haver spoilers ou apenas devaneios do autor, mas sua leitura, é por conta e risco).

Então o tempo passou e cresci. E a Marvel explodiu nossas cabeças com o vasto e mirabolante plano de colocar seus super-heróis para trabalharem nas telonas, de maneira convincente, centralizada e espetacular. Fala sério, quem aí imaginava que teríamos uma gama de filmes como estes, algum dia?

Agora teremos Capitão América 3 – Guerra Civil. É claro que nem tudo do que aconteceu nos gibis, será levado para o cinema (Não da mesma forma, pelo menos). Mas há uma coisa a qual eu espero que realmente aconteça:

A morte do Capitão América.

Você pode pensar: “Filho da Pu#@! Ele não gosta do Capitão América! Quer ferrar os filmes!”

Nada disso! Eu gosto e muito do personagem, inclusive acredito que o ator Chris Evans o representa de maneira excelente e, por um lado, também não quero que ele morra no filme. Mas, por outro lado, eu espero que isso aconteça de verdade.

E por qual motivo? Simples: Se o Capitão América não morrer, não será Guerra Civil (Pelo menos a meu ver).

Na passagem original das HQ’s, temos toda a trama, onde os grupos de super-heróis se dividem, por conta do plano de registro dos mesmos (Isto após um terrível incidente envolvendo alguns heróis e uma explosão). Os pilares principais são justamente o Homem de Ferro, o Homem Aranha e o Capitão América. Os líderes dos grupos, logicamente, os dois vingadores. E no ápice da trama, após já estar preso, o Capitão America acaba sendo assassinado.

Já circularam na internet, supostos vazamentos do possível roteiro de Guerra Civil, onde, a princípio, o Capitão América seria apenas preso. A veracidade do suposto roteiro? Vai saber. Quem poderá dizer se é real ou não? E se for real e realmente vazou? Simples, a Marvel somente mudaria as coisas (Ou não).

Mas e o público? Não aqueles que conhecem a história, ou aqueles que ficam entre a morte do Capitão e entre manterem ele vivo. Eu quero falar mesmo é a respeito das pessoas que irão no cinema justamente sem conhecer nada do que pode acontecer. Sejam fãs ou não. Por exemplo, aqueles que estão acompanhando somente os filmes, com uma grande empolgação, ou a criança que vai vestida de Capitão América, junto de seu pai no cinema. Todos nós sabemos que existe uma ligação muito forte entre os fãs e seus heróis prediletos. Nos colocamos no lugar deles, tomamos os valores deles e, muitas vezes, principalmente quando somos crianças, formamos nosso caráter, baseados em algo ao qual nossos heróis nos transmitem. Imagine, para um leigo a respeito da história original, sua reação ao ver um dos maiores símbolos da Marvel cair diante de seus olhos.

Será que eles estão prontos para ver o Capitão América morrer, caso isto aconteça?

Dentro disto, o que estes novos fãs podem vir a sentir? Afinal, sim, esta sequência de filmes será, para sempre, um dos pilares principais da Marvel, afinal, é um projeto extremamente ousado ao qual, além de estar dando muito certo, acredito que não veremos remakes/reboots por pelo menos 50 anos (O que é uma benção, nesse caso).

Uma imagem clássica do arco original nos gibis.

Uma imagem clássica do arco original nos gibis.

E para a sequência do projeto audacioso? O que implicará caso o Capitão nos abandone em Guerra Civil? Será que o Soldado Invernal tomará seu posto? Ou até mesmo o Falcão, em um acontecimento inesperado? E ainda temos Infinity War vindo por aí.

Quem será a o encarregado de bater de frente com Thanos? Será o Capitão, original ou outro? Homem de ferro? O próprio time de Vingadores originais do primeiro filme? Ou ainda Warlock, que não apareceu explicitamente em nem um filme?

Não sabemos nada concreto ainda sobre Infinity War, mas a expectativa é alta. Porém, acredito que a Marvel não conseguirá mais repetir o estrondo de Vingadores 1. Pelo simples fato de imaginarmos algo simplesmente até então, quase impossível de acontecer: Justamente a ideia de reunir os Vingadores, de maneira tão incrível como foi, nos cinemas.

E, ainda dentro de Guerra Civil, olha que eu nem mencionei o retorno de Homem Aranha, as lutas entre as “equipes” de Tony Stark e Steve Rogers, e a possível participação especial de alguns heróis e vilões na trama.

Mas dentro de todas as possibilidades e reviravoltas que estão por vir, em uma coisa podemos todos concordar: Que grande época para viver e ver esta explosão de cultura nerd.

guerra civil

 

 

Até a próxima e não deixe de visitar nossa fanpage e deixar seu like se gostar do conteúdo, clicando aqui!


Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.